Conhecido por abordar temas polêmicos como incestos e suicídios, o pernambucano Nelson Rodrigues foi considerado um revolucionário do teatro brasileiro. A carreira desse dramaturgo, no entanto, não se resume somente a esses assuntos. Assim como a maioria dos brasileiros, Rodrigues também era apaixonado por futebol. Com apenas 13 anos de idade, ele escrevia sobre o tema no jornal “A Manhã”, fundado pelo seu pai, Mario Rodrigues. Seus textos, que mesclavam prosa e poesia, também tinham opiniões sobre o clube do coração, o Fluminense. Durante a sua carreira, Nelson Rodrigues escreveu 17 peças, centenas de contos e nove romances.

nelson 1

Nelson Falcão Rodrigues nasceu em 1912, em Recife. Quando tinha quatro anos de idade, o seu pai, Mario Rodrigues, decidiu mudar para o Rio de Janeiro, na Rua Alegre, na Aldeia Campista. Na cidade carioca, Mario fundou vários jornais, entre eles, o “A Manhã”, onde Nelson começou a escrever com apenas 13 anos de idade, nas editorias de polícia

nelson 2

Em 1936, os leitores e críticos começaram a observar, com mais atenção, as publicações esportivas de Nelson Rodrigues. Isso porque, a linha editorial do escritor era diferente e tinha como finalidade mostrar, para os leitores, os sentimentos de alegrias ou tristezas dos torcedores e dos profissionais que estavam envolvidos com as partidas de futebol. Por causa desse olhar diferenciado, ele é considerado, ate hoje, um dos principais críticos do esporte. Em seus textos, as partidas eram retradas como se fossem uma grande batalha e os jogadores eram definidos como verdadeiros heróis.

nelson 3

3 – O tempo foi passando e o dia a dia da Zona Norte carioca impressionava Nelson Rodrigues. Rodeado pelas tensões morais e sociais da cidade, ele começou a criar vários personagens, a partir da realidade que ele presenciava. Foi com essa referência que ele escreveu o primeiro texto, A mulher sem pecado (1942). Na época, a obra registrava o subúrbio carioca, abordando temas de incestos, crimes e suicídios

4 – Durante a carreira de escritor, Nelson Rodrigues teve alguns textos censurados. Em 1945, foi à vez do Álbum de família, que mostrava a realidade da sociedade, de acordo com situações consideradas impossíveis de acontecer na vida de um ser humano, a partir da célula da família. Ousado, ele abordou o tema incesto em diversos aspectos – entre irmãos, mãe e filho, pai e filha. Um tema que, ate hoje, é considerado um tabu para a sociedade. Com a censura, essa peça só foi encenada 22 anos após ser concluída.

5 – As obras de Nelson Rodrigues também foram adaptadas para a televisão e cinema. Na TV, a minissérie Engraçadinha, exibida pela Rede Globo de Televisão, foi baseada em uma das obras do dramaturgo enquanto no cinema as adaptações aconteceram nos filmes: Asfalto Selvagem (1964), O Beijo (1965) e a A Falecida (1965).

6 – No dia 21 de dezembro, de 1980, Nelson Rodrigues morreu. Durante vários dias, ele ficou internado por causa de problemas de insuficiência respiratória e cardíaca. Entre as peças de destaque do escritor estão: A falecida (1953), Os sete gatinhos (1958), Boca de ouro (1959), Beijo no asfalto (1960) e Toda nudez será castigada (1965).

Link do texto: http://www.assimsefaz.com.br/sabercomo/nelson-rodrigues-livros-e-biografia